• Guaporé News

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional



A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiva para conhecer o quinto país mais inovador do mundo e, com apoio da Agência Brasileira de Promoções, Exportações e Investimentos (Apex Brasil), foi realizado um evento em Tel Aviv na última quarta (27) para promover os produtos de Rondônia.


Sob a liderança do Presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, Helio Dias que preside a Federação da Agricultura e Pecuária de Rondônia (Faperon) e pelo diretor superintendente do Sebrae em Rondônia, Samuel Almeida, a Apex mobilizou empresários israelenses para prospecção de canais de negociação, para alcançar este grande mercado que é Israel e os países circunvizinhos.



“Vamos aproveitar nosso potencial do setor produtivo e mostrar que podemos ser competitivos neste grande mercado. Os produtos amazônicos, e em especial os de Rondônia, podem gerar grandes negócios através desta mobilização que realizamos em Israel”, comentou Helio Dias.


Felipe Campbel, responsável pelo escritório da Apex em Israel, esteve à frente da mobilização dos participantes do evento, que fi organizado em forma de pitches, com apresentações de Helio Dias, Samuel Almeida, além da reitora da Unir, professora Marcele Pereira e da Suframa, todos apresentando as potencialidades de Rondônia. O embaixador do Brasil em Israel, Gerson Menandro Garcia de Freitas também acompanhou a reunião.


Para o Sebrae em Rondônia, essa aproximação estratégica é de fundamenta importância, segundo Samuel Almeida: “Acreditamos que esta oportunidade é de grande valor estratégico já que temos um público altamente qualificado e que esta conexão que fazemos pode significar uma ponte para um salto de qualidade para nossos produtos. Temos que nos manter competitivos, adequados às necessidades da sociedade para prover produtos e soluções que tenham grande mercado, lançando mão de um de nossos principais ativos: a Amazônia”, disse ele.


As missões comerciais, como essa promovida pelo Sebrae, permitem divulgar produtos, soluções, inciativas, setores, divulgar as empresas, observar a realidade do mercado visitado, obter informações técnico-comerciais, visitar centros tecnológicos e empresas de ponta do setor, contatar entidades que promovam o comércio exterior. Além disso, o contato com potenciais clientes e mercados, podem até gerar de imediato alguma negociação mais de curto prazo sendo que em médio e longo prazo pode ser inclusive ampliada, além de ser o início de uma relação profícua.


Um dos pontos altos da reunião foi a exposição de produtos de origem indígena. O café orgânico produzido por comunidade da região central de Rondônia, bem como a castanha do Brasil também produzida pelas cooperativas indígenas têm grande apelo comercial e foram destaque entre os produtos expostos. A Cooperativa de Produção do Povo Indígena Paiter Suruí – Coopaiter (@coopaiter_romt) e a Cooperativa de Produção e Extrativismo Sustentável da Floresta Indigena Garah Itxa (@garah.itxa) foram apoiadoras da iniciativa.


Assessoria

1 visualização0 comentário