top of page
  • Foto do escritorGuaporé News

Ferroviários buscam apoio para a recuperação de 7 km da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré



Na manhã de sexta-feira (4), o presidente em exercício da Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (ASFEMM), George Teles de Menezes, mais conhecido como Carioca, realizou uma audiência com o Deputado Federal Lebrão, representante da União em Porto Velho.


Durante a visita, Carioca protocolou um ofício solicitando a intervenção dos Deputados Lebrão e Lebrinha na recuperação de 07 km da malha ferroviária que se estende da estação do complexo ferroviário de Porto Velho ao extinto município de Santo Antônio do Madeira, bem como a restauração da locomotiva principal para fins turísticos.


No documento, é solicitado o envolvimento direto dos parlamentares junto à bancada estadual e federal, a fim de aportar recursos por meio de emenda parlamentar coletiva, além de mediar junto ao Departamento de Estradas e Rodagens e Transportes (DER) e a Secretaria de Estado de Obras e Serviços Públicos (SEOSP), para fornecer pessoal e materiais para a execução da obra.


Além disso, o ofício requer o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental, além de sugerir a inclusão na Lei Orçamentária Anual (LOA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Plano Plurianual (PPA), garantindo assim os recursos necessários para a execução do projeto.


Segundo Carioca, com essa abordagem, as autoridades não poderão alegar falta de recursos, paralisação futura da obra ou falta de previsão financeira e orçamentária, pois tudo estaria dentro das previsões da LOA, LDO e PPA.


Carioca também informou que estão em andamento negociações com o Ministério do Turismo e a Santo Antônio Energia para a construção da Orla do Rio Madeira, um assunto que já havia sido oficiado pela ASFEMM em ocasiões anteriores. Ele ressaltou que o General David, Chefe do Departamento do Batalhão de Engenharia e Construção, fornecerá o suporte técnico para o início dos trabalhos assim que os recursos forem garantidos e as licenças ambientais forem liberadas.


Alertas de desmatamento e degradação no estado atingem uma área total de 1.291,28 km² entre agosto de 2022 e julho de 2023. Nesta temporada, as regiões mais afetadas ficam próximas de Porto Velho, Nova Mamoré, Ariquemes, Candeias do Jamari e Chupinguaia.


Assessoria parlamentar

10 visualizações0 comentário
bottom of page