• Guaporé News

Grupo Mulheres do Brasil firma parceria para fortalecer ações da ASDEVRON




Para celebrar os 21 anos de fundação a Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Rondônia - ASDEVRON firmou parceria com o núcleo de Porto Velho do Grupo Mulheres do Brasil para fortalecer a associação e divulgar a campanha de filiação da instituição. Fundada em 2001 por um grupo de amigos deficientes visuais, a entidade atua para apoiar, orientar e capacitar as pessoas com deficiência visual. Dados do último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE, apontam que no Brasil existem mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual severa, sendo 582 mil cegas e 6 milhões com baixa visão.


Para o presidente da ASDEVRON, José Odair, a entidade quer fazer o cadastramento de todos os deficientes visuais nos 52 municípios. Segundo ele, essa iniciativa poderá contribuir para que a instituição possa reivindicar junto ao governo a implantação de políticas públicas para esse público com necessidades tão específicas. “A ausência dessas políticas públicas, associada a falta de visibilidade que o deficiente visual enfrenta são fatores que contribuem para o isolamento social do deficiente visual. Queremos reverter essa realidade e colocar as reivindicações dos deficientes visuais na pauta do executivo e do legislativo rondoniense,” assegurou.


Julliana Volpi, secretária da ASDEVRON informou que a instituição está se estruturando para oferecer cursos e outros serviços as pessoas com deficiência visual. Julliana explica que a instituição tem o propósito de criar uma rede de apoio para integrar os deficientes visuais em todos os espaços da sociedade, especialmente promovendo a inserção no mercado de trabalho. “A lei garante contratação de deficientes nas empresas. Mas, as pessoas com deficiência visual ou baixa visão são excluídas do processo de seleção e contratação. Essa é uma realidade assustadora e demonstra que não existe uma política efetiva de inclusão dos deficientes visuais. Ou seja, o poder público não considera o deficiente visual na execução dos programas de governo. Esse comportamento se repete nas empresas, escolas e no convívio social,” alertou a representante da ASDEVRON.



Para a líder do núcleo de Porto Velho do Grupo Mulheres do Brasil, jornalista e professora Edna Okabayashi o apoio a Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Rondônia está fundamentado nos propósitos do Grupo Mulheres do Brasil que preconizam o apoio e fortalecimento de iniciativas que buscam o bem-estar das pessoas e o desenvolvimento local. “Sob a liderança da empresária Luiza Trajano o Grupo Mulheres do Brasil reúne mais de 100 mil mulheres e tem atuação em todos os estados brasileiros. Sem nenhum vínculo partidário estamos comprometidas em apoiar iniciativas que buscam transformar a realidade das pessoas. O plano de trabalho da diretoria da ASDEVRON tem esse propósito, por isso, estamos atuando em várias frentes para estruturar a associação para o atendimento aos associados,” explicou.


Para se associar a Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Rondônia acesse o link: https://forms.gle/FtQYPpfkiCNysfo7A

contato: (69) 99311-9360


Fonte: Assessoria

1 visualização0 comentário