top of page
  • Foto do escritorGuaporé News

Indigenas são flagrados com armas e animais silvestres no Rio Guaporé na fronteira com a Bolívia



Uma operação conduzida pelo Batalhão de Polícia Ambiental resultou na apreensão de armas de fogo, malhadeiras proibidas e animais silvestres no rio Guaporé, em Costa Marques (RO), na fronteira com a Bolívia.


Na última sexta-feira (26), os policiais abordaram uma canoa ocupada por quatro indígenas da Aldeia Ricardo Franco, que estavam transportando redes de pesca do tipo malhadeiras, proibidas para amadores. A abordagem inicial levou os agentes a uma segunda embarcação, do tipo santarém, escondida rio abaixo.


Nessa segunda embarcação, foram encontradas duas espingardas de calibre .16 e .20, juntamente com oito tracajás vivos, sendo transportados ilegalmente. Os tracajás, protegidos pela legislação ambiental, foram liberados no próprio rio, em uma praia, visando a preservação da fauna local.


Diante da situação, as autoridades realizaram a apreensão das armas de fogo, redes de pesca, embarcações e motores de popa envolvidos na atividade ilegal. Os indígenas foram conduzidos à delegacia de Costa Marques, onde foram autuados por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, pesca predatória e caça ilegal de animais silvestres, em conformidade com as leis federais e estaduais vigentes.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page