• Guaporé News

Justiça de Rondônia determina desocupação de união de conservação Estação Ecológica de Samuel




Centenas de pessoas que ocupam a Estação Ecológica de Samuel, localizada no município de Candeias do Jamari, devem desocupar o local. A decisão é da 1ª Vara de Fazenda Pública da comarca de Porto Velho determinada na quarta-feira (28).


A Ação Civil Pública para garante a liberação da área, destinada à preservação da natureza. Pela decisão, o local deve ser desocupado voluntariamente até o dia 31 de outubro.


O processo teve início em fevereiro de 2021, quando o Estado de Rondônia acionou o Judiciário ao tomar conhecimento de que dezenas de pessoas teriam invadido a unidade de conservação de proteção integral.


O desrespeito a essa regra, provoca a violação dos direitos humanos dos brasileiros, do presente e do futuro, que poderão ser impactados pela destruição ambiental da área protegida.

0 visualização0 comentário