• Guaporé News

Novembro Azul – mês de conscientização sobre a saúde do homem




A Associação Rondoniense de Municípios (AROM) convida os gestores a alertarem a população sobre a importância da campanha ‘Novembro Azul’ de conscientização sobre a saúde do homem.


A campanha teve início em 2011, quando o Instituto Lado a Lado pela Vida iniciou a ‘Novembro Azul’, com o objetivo de alertar para a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, o mais frequente entre os homens brasileiros depois do câncer de pele.


Aproveitando as celebrações em torno do tema, o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer (INCA) começaram a divulgar ações importantes e a data transformou-se no maior movimento em prol da saúde masculina.


Conforme dados do INCA, foram diagnosticados 68.220 novos casos de câncer de próstata e aproximadamente 15 mil mortes/ano em decorrência da doença no Brasil, para cada ano do biênio 2018/2019, o que representa 42 homens morrendo por dia em decorrência da doença e aproximadamente três milhões convivendo com ela.


O que é o câncer de próstata?


As células são as menores partes do corpo humano. Durante toda a vida, as células se multiplicam, substituindo as mais antigas por novas. Mas, em alguns casos, pode acontecer um crescimento descontrolado de células, formando tumores que podem ser benignos ou câncer.


O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem. Em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte.


O que é a próstata?


É uma glândula presente nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides. Em homens jovens, possui o tamanho de uma ameixa, mas seu tamanho aumenta com o avançar da idade.


Quais fatores podem aumentar o risco de ter câncer de próstata?


Idade: O risco aumenta com o avançar da idade. No Brasil, a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos.


História de câncer na família: Homens cujo pai ou irmão tiveram câncer de próstata antes dos 60 anos.


Sobrepeso e obesidade: Estudos recentes mostram maior risco de câncer de próstata em homens com peso corporal elevado.


Quais são os sinais e sintomas?


Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são:


• dificuldade de urinar;


• demora em começar e terminar de urinar;


• sangue na urina;


• diminuição do jato de urina;


• necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.


Esses sinais e sintomas também ocorrem devido a doenças benignas da próstata. Por exemplo:


• Hiperplasia benigna da próstata, aumento benigno da próstata. Afeta mais da metade dos homens com idade superior a 50 anos e ocorre naturalmente com o avançar da idade.


• Prostatite, uma inflamação na próstata, geralmente causada por bactérias.


É possível prevenir o câncer de próstata?


Adotar práticas saudáveis diminui o risco de várias doenças, inclusive o câncer, como.


• Ter uma alimentação saudável.


• Manter o peso corporal adequado.


• Praticar atividade física.


• Não fumar.


• Evitar o consumo de bebidas alcoólicas.


Exames


Ao perceber sinais e sintomas, recomendam-se exames para investigar o câncer de próstata. Existem três tipos de exames para o rastreamento do câncer de próstata: a dosagem de PSA, o toque retal e o ultrassom de próstata.


Cartilha


O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) produziu uma cartilha sobre o câncer de próstata. Confira o arquivo aqui


Fontes para pesquisa: Instit



Assessoria AROM

0 visualização0 comentário